Andréia e Lucas

SEJA BEM VINDO AO NOSSO SITE
Andréia e Lucas

NOSSOS PADRINHOS, MADRINHAS E DEMOISELLES

Aqueles que acompanharam de perto nossa trajetória, acertos e erros - e agora estarão ao nosso lado em um dos dias mais importantes e intensos de todos! Vocês fazem parte da nossa história de vida! Nossa caminhada e a construção do nosso amor não teria sido a mesma sem nossas conversas, nossos desabafos, nossos conselhos. Assim, nada mais justo que ocupem um lugar de honra no dia do casamento. E mais ainda: na nossa vida para a eternidade.

DAMAS-MADRINHAS DA NOIVA

  • Vivi Frazão
    Vivi Frazão

    A gente se conheceu na virada do ano de 2014 para 2015 e, desde então, fazemos questão de celebrar essa data. Por quê? Para começar, ela é a amiga mais elétrica que eu tenho, com quem eu falo absolutamente todos os dias. Não lembro de 24 horas que não tenha acordado com uma mensagem, com uma pergunta, com um milhão de links de páginas de casamento. Mais do que isso: ela acredita em todos os meus sonhos e não mede esforço para doar seu tempo e dedicação a nossa irmandade. Desde o início, ela já tinha certeza que estávamos caminhando em direção ao altar e foi minha parceira de oração, sonhos, inspirações e muitos segredos. Assim, construímos um vínculo muito forte e inabalável diante das nossas diferenças. Juntas, caminhamos em direção à confiança em Deus, dependência e serviço. Eternamente obrigada a você!

  • Thábata Lessa
    Thábata Lessa

    Ouvinte, hospitaleira e aventureira. Thábata topa tudo e conduz a vida com muita sabedoria e simplicidade. Duas virtudes que me contagiaram desde o dia em que eu a conheci. Logo, não poderia – jamais! – realizar esse sonho sem que ela me acompanhasse bem de perto. Afinal, ela está sempre por perto – dos olhos, da alma e do coração. Na mesma semana em que conheci o Lucas, mandei um print de uma foto dele para saber quais eram suas impressões. “Parece um indiano”. Pessoalmente, ela ouvia cada detalhe dos meus milhões de relatos apaixonados e tentava acalmar minha euforia. Mas a verdade é que ela estava vibrando porque, no fundo no fundo, sabia que eu havia encontrado o homem da minha vida. Seja bem-vinda todos os dias a nossa história de amor!

  • Bia Brandão
    Bia Brandão

    “Bia”, para mim, significa pura poesia e absolutamente todas as suas palavras carregam a magia da leveza da vida. Com poucos meses de amizade, descobrimos algo em comum que intitulamos de “consonância métrica”. É assim que aprendemos a nomear nossa sintonia todos os dias. Já dividimos tanta coisa que, quando olho para trás, fico encantada com o quanto transformei o meu olhar para atentar ainda mais para as belezas cotidianas e do amor. E, por falar no amor, quando eu tinha apenas 2 meses de namoro já andava ansiosa pelos cantos com os “preparativos fantasmas” do casamento. Lá estava Bia, ao meu lado, me acalmando e não me deixando desperdiçar meus dias com ansiedade, mas vivendo-os um por vez. És um passarinho e eu amo o seu canto.

  • Rachel Barros
    Rachel Barros

    Flor de formosura. Exemplo de mulher. Amiga de todas as horas, todos os momentos, todas as estações. Inspiração de força e vida tranquila. Rachel é meu alvo de admiração porque sua essência exala tudo o que eu desejo me tornar. Diante disso, vivemos há quase 10 anos uma relação na qual desfrutamos intensamente da graça de Deus através das nossas personalidades, imperfeições e vocações. Um episódio que nunca vou esquecer foi o dia em que corri para a casa dela, pois estava MUITO desesperada com a possibilidade de algo ruim ter acontecido com o Lucas. Ele foi assaltado enquanto falava comigo no celular, mas eu fiquei quase três (sofridas) horas sem notícias dele. Com toda tranquilidade do mundo, ela segurou minha mão e me relembrou – mais uma vez – o cuidado de Deus independentemente das circunstâncias. Me acolheu com paciência e muito amor. Você merece um lugar de honra no dia meu casamento e para toda a vida!

  • Raquel Sampaio
    Raquel Sampaio

    Otimismo é a palavra-chave de Raquel. Eu não conheço nenhum ser humano mais pacífico e positivo do que ela. Na verdade, na verdade, não conheço ninguém como ela. Quando andamos na rua, as pessoas pensam que somos gêmeas. Bem que poderíamos ser, pois caminhamos com intensa dedicação pelo bem uma da outra e já passamos por um turbilhão de fases e momentos – sempre juntas! E entre semelhanças e diferenças, aprendemos a graça da amizade. Construímos a cada encontro um vínculo de gratidão, de reconciliação, de fé e – claro! – muito otimismo. Te escolhi para ser minha madrinha simplesmente porque não consigo cogitar a minha vida te levar comigo. É isso que desejo para os nossos filhos, netos e toda a geração que suceder a nossa. Um brinde!

  • Carol Stellet
    Carol Stellet

    Sinônimo de alegrias. De riso fácil. De mão estendida. De ouvido generoso. Carol é espontânea, é doce, é disposta. Cheia de talentos (aliás, o pavê de nutella é um dos maiores), ela tem múltiplas vocações, consciência missional - a mesma que deu origem a nossa amizade. Ela me abriga, me acalma, me traz leveza em dias de tormenta e, principalmente, esperança. Difícil descrever nossa amizade. Defino como cumplicidade. Ela é o nosso guia recíproco, nossa via de mão dupla r também o nosso alicerce em Deus. Obrigada por tornar o dia do meu casamento um dia de expectativa, pois você nunca me deixou esquecer o principal motivo é maior beleza dessa decisão - Cristo e nada mais! Te amo, babe.

PADRINHOS DO NOIVO

  • Yago Gonçalves
    Yago Gonçalves

    Encorajador! Essa é uma das definições que carrego do Yago, principalmente quando lembro dos primeiros dias de interesse pela Andreia. Logo lembro o incentivo que ele disparou para que eu investisse em construir uma relação com a jovem reluzente. Nossa aproximação se deu com a intensidade que Yago se achegou à igreja acreditando e se envolvendo com verdade e, nesse ambiente, nos encontramos. Ele sempre me demonstrou um coração ensinável e minha descoberta foi que não se tratava de apenas um jovem disposto a aprender, mas alguém que ensina sem perceber – e de uma forma tão pratica e única, tão "da rua". Nasceu, então, uma amizade marcada pela peculiaridade registrada: encorajador e prático.

  • Rodrigo Assis
    Rodrigo Assis

    Um cara brilhante! Coloco brilhante na frente só para chamar atenção, rs. O que me ressalta nele de forma maior é sua humildade. O seu brilhantismo está escondido atrás de uma humildade de espírito (Rodrigo sabe muito mais de teologia do que esperamos, rs). E por falar de teologia, esse foi um dos elos de aproximação que até hoje ocupa grande parte de nossas conversas. No entanto, isso é a "superfície" de algo que foi construído com mais profundidade do que conversas técnicas. E para mim a expressão disso é que sinto saudade do Rodrigo quando embarca. Quando volta, sei que posso reservar horas para conversamos sobre tudo e ainda sim terei a sensação de que vale a pena gastar mais algumas horas. A despeito disso tudo não teria como não chamá-lo para esse momento, pois na verdade ele falava em ser nosso padrinho, desde o começo do noivado, hehe...

  • Ciro Oliver
    Ciro Oliver

    Um amigo de dores e alegrias. Não imaginava que cresceríamos em amizade. Estávamos próximos em um mesmo coletivo, mas foi a dor que nos uniu. Nossa aproximação inesperada surgiu pela empatia da dor do outro. Não haveria outra forma para essa amizade se tornar tão robusta, pois começamos com compartilhamento de fardos, mas o que marcou mesmo foram os momentos alegres que tivemos juntos. Ciro é dono de uma discrição enorme, apesar de ser um underground visualmente - ele é dono de ouvidos sigilosos, algo que gera uma confiança enorme para abrir totalmente o coração seguro na sua sabedoria. Sem contar que ele tem a gargalhada mais incrível do mundo, sem reservas para liberar em espontaneidade aquelas risadas em qualquer lugar, bastaria isso para saber que ele é um cara para estar perto. Ele foi um dos irmãos que tive mais vontade de falar o que estava começando a viver com Andreia, sua presença como padrinho, portanto, é indispensável.

  • Jeff Fromholz
    Jeff Fromholz

    Paternidade e mentoria. Jeff me acolheu com uns 16 anos e me ensinou muito sobre uma vida ao lado de Deus, um caminho que percorrerei até o final da vida. Ele nunca hesitou em me confrontar, me mostrar falhas ou caminhos que me levariam à queda – e sempre fazendo isso com amor. E mais do que isso: Jeff nunca desistiu de me encorajar a permanecer firme na vocação e salientar os dons que fui agraciado. "Morei" atrás do seu escritório e independente da hora em que chegasse ele sempre parava para conversar, algumas conversas que se estendiam pela madrugada e me faziam perder a hora para o trabalho, rs. Sua vida é um legado para mim.

  • Hermes Junior
    Hermes Junior

    Uma referência peculiar. Juninho é de outro mundo de tão admirável que é (mas também de tão engraçado e atrasado, rs). Que amigo, que coração grande e que pureza no agir! Em minhas idas a Volta Redonda, ele é um cara que se desloca de onde estiver para que tenhamos bons momentos, cultivando as lembranças atualizando a vida. Ele está sempre focado no essencial e em sua forma simples de viver e de se contentar. Dono de uma percepção aguçada para o que realmente vale e uma distração necessária para o que não importa muito. Dessa forma, ele se conserva e se renova, servindo sempre como um exemplo de alguém firme. É um privilégio tê-lo em mais um momento da vida.
    PS - torçamos muito para que Juninho não se atrase no grande dia! A noiva agradece!

  • Daniel Wanderley
    Daniel Wanderley

    Primeiro que Daniel é um cara de sorriso intenso e de um constante balançar de cabeça em concordância (piada interna). Cheio de expressões faciais que mostram a verdade do seu envolvimento atencioso e sincero. A segunda coisa é que eu nunca vi um cara tão pronto ao serviço como ele, um coração voluntário e prestativo que é raro. Lembro dele chegando cheio de disposição em retomar o melhor caminho da vida. Talvez, no segundo ou terceiro encontro que tivemos, Daniel chegou até mim e disse que estava se comprometendo a me levar todo domingo da Tijuca até a minha casa (Campo Grande). Ele estava se dispondo a percorrer por 40 km voluntariamente para servir. Foram nessas viagens que compartilhamos a vida e semeamos aquilo que se tornaria uma amizade. Muito obrigado por isso, meu grande amigo.

IRMÃS E DEMOISELLES

  • Manu Coutinho
    Manu Coutinho

    Dois anos de diferença nos separam, mas a verdade é que isso nunca foi muito significativo. Por quê? Porque sempre compartilhamos a vida de irmã e amigas VERSUS amigas e irmãs - ora grudadas, ora distantes. Uma das lições de primogênita que aprendi com você é: a vida é para ser leve. Leve como o vento, pois podemos dividir os fardos através da amizade e convivência repleta de sinceridade, verdade e alegria. Levo você comigo por onde quer que eu vá, pois amor de irmã é incomparável. Bem-aventurados todos os que foram presenteados com a irmandade, mas não se iludam. A minha irmã é a melhor do mundo! Sei o quanto você sonhou com esse dia junto comigo, então sinta-se honrada por fazer parte disso! Amo você

  • Carol Louback
    Carol Louback

    Presente! Ela que, mais do que ninguém, conviveu com minhas chatices e falhas, merece um prêmio pelo amor. Só não recebeu ainda pois eu também mereço um por causa dela, rs. Me ouviu acompanhou cada momento da vida e se empolgou com cada novo passo, sempre me mandando recado cheio de curiosidade e ligando a cobrar para falar comigo. Sempre fazendo questão da presença e cuidado para não ficarmos distantes, estará linda no dia do casamento e demorará 10 horas para se arrumar. Obrigada por participar da mais linda história de amor que Deus me agraciou. Você é a melhor irmã que eu poderia ter!